fbpx

O que são Militares Temporários (RM2)

MILITARES TEMPORÁRIOS SÃO OS INTEGRANTES DA RESERVA DE 2ª CLASSE DA MARINHA, INCORPORADOS PARA PRESTAR SERVIÇO MILITAR, EM CARÁTER TRANSITÓRIO E REGIONAL. A NATUREZA DO VÍNCULO COM A FORÇA É, NESSE SENTIDO, PRECÁRIA E TRANSITÓRIA, COM DURAÇÃO MÁXIMA DE ATÉ 8 (OITO) ANOS, NÃO GERANDO QUALQUER EXPECTATIVA QUANTO À PERMANÊNCIA E À ESTABILIDADE, AS QUAIS SOMENTE SE ADMITEM AOS MILITARES DE CARREIRA, DE ACORDO COM OS REQUISITOS PREVISTOS EM LEI.

PRINCIPAIS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO

São condições básicas à inscrição (Praça):

  • ser voluntário;
  • ser brasileiro nato ou naturalizado (ambos os sexos), nos termos do art. 12, I, da CRFB/88;
  • ter mais de 18 (dezoito) anos;
  • ter concluído o ensino fundamental e o curso de formação continuada de trabalhadores (incluindo os Cursos de Aprendizagem Industrial) relativo à profissão a que concorre, comprovados mediante diploma e certificado com validade nacional ou declaração, contendo a data da conclusão do curso profissionalizante, para as vagas destinadas ao Estágio de Aprendizagem Técnica (EAT);
  • ter concluído o ensino médio e o curso de nível técnico relativo à profissão a que concorre, comprovados mediante diploma e certificado, com validade nacional, ou declaração, contendo a data da conclusão do curso técnico, para as vagas destinadas ao Estágio Técnico para Praças (ETP);
  • estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir;

São condições necessárias à inscrição (Oficial):

  • ser voluntário;
  • ser brasileiro nato, nos termos do art. 12, inciso I e seu § 3º inciso VI da CRFB/88;
  • ter mais de 18 (dezoito) anos;
  • ter, no máximo, seis anos de tempo de Serviço Militar e/ou Serviço Público prestado, até a data de sua incorporação;
  • para as profissões de Ciências Náuticas (IN), Tecnologia em Construção Naval (VN) e Tecnologia em Sistemas de Navegação (VN), ter concluído o curso superior (Bacharelado/Tecnólogo) relativo à profissão a que concorre; e, para as demais profissões, ter concluído o curso superior (Bacharelado/Licenciatura) relativo à profissão a que concorre; em todos os casos, o voluntário deverá comprovar a escolaridade mediante apresentação do diploma de graduação na habilitação ou, para a área técnica-magistério, o diploma de licenciatura, com validade nacional, ou declaração de conclusão do curso de graduação contendo a data de colação de grau, acompanhada de histórico escolar; e estar registrado no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir, até a data de entrega dos documentos comprobatórios para a prova de títulos, prevista no cronograma de eventos.

DAS VAGAS

 As vagas estão distribuídas pelos nove Distritos Navais (DN). Os DN realizam o processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário, tanto de Oficiais quanto de Praças, e a lotação dos militares aprovados ocorre em cada um deles. É possível, nesse tipo de processo seletivo, por exemplo, realizar a prova em um Distrito e servir em outro, a critério do candidato, que fará a escolha de ambas as localidades no ato da inscrição. Conheça cada um deles:

1° Distrito Naval – É composto pelos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e sudeste de Minas Gerais. Ele é o Distrito sede da Marinha do Brasil.

2° Distrito Naval – Os estados que fazem parte do 2° DN são: Bahia, Sergipe, norte e sudoeste de Minas Gerais.

3° Distrito Naval – Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

4° Distrito Naval – Formado por Amapá, Pará, Maranhão e Piauí.

5° Distrito Naval – Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

6° Distrito Naval – Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

7° Distrito Naval – Tocantins, Goiás e Distrito Federal.

8° Distrito Naval – É composto por São Paulo, Paraná e sul de Minas Gerais.

9° Distrito Naval – Esse DN é formado pelos Estados de Roraima, Acre, Amazonas e Rondônia.

Para ficar mais claro, veja o mapa do Brasil dividido entre os nove Distritos:

Logo, se o candidato irá realizar o processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário (SMV) para Oficiais ele deve ficar atento, pois o SMV é de âmbito regional e o candidato, no ato da inscrição, irá escolher em qual DN deseja servir. Isso significa que se o interessado optar, por exemplo, pelo 4° Distrito Naval, ele irá realizar todas as etapas do processo seletivo nesse Distrito.

DO PROCESSO SELETIVO

O processo seletivo será constituído das seguintes Etapas:

  • 1ª Etapa: Prova Objetiva (PO) – eliminatória e classificatória;
  • 2ª Etapa: Verificação de Dados Biográficos (VDB) e Verificação Documental (VD) eliminatória;
  • 3ª Etapa: Inspeção de Saúde (IS) – eliminatória;
  • 4ª Etapa: Teste de Aptidão Física (TAF) – eliminatória;
  • 5ª Etapa: Prova de Títulos (PT) – classificatória;
  • 6ª Etapa: Designação à incorporação; e
  • 7ª Etapa: Incorporação.

DA PROVA OBJETIVA

A Prova Objetiva será composta de 50 questões de múltipla escolha, cada uma com 05 opções de resposta, das quais apenas 01 (uma) será correta, com valor de 2 pontos cada, e englobará as matérias especificadas a seguir: Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos da Formação Militar Naval. A bibliografia estará indicada no Aviso de Convocação.

BENEFÍCIOS DE SER UM MILITAR TEMPORÁRIO

– Ótimo salário inicial: A remuneração é composta por soldo e adicionais.

  1. a) Vejam o soldo de Oficiais RM2:
Posto Soldo (atualizados em janeiro/2019)
Guarda-Marinha R$ 6.993,00
Segundo-Tenente R$ 7.490,00
Primeiro-Tenente R$ 8.245,00
  1. b) Quanto às Praças RM2, Marinheiros (Fundamental) e Cabos (Médio Técnico), a remuneração inicial gira em torno de R$ 2.000,00 e R$ 3.000, respectivamente.

– Indenização ao término do Serviço: Após o término dos 8 anos de serviço, ou caso haja descontinuidade na sua renovação anual, haverá recebimento de uma remuneração por ano trabalhado, o que inclui férias não gozadas e férias/13º proporcionais.

– Assistências médico-hospitalar e odontológica: Militares temporários terão acesso aos hospitais da Marinha, clínicas conveniadas e à Odontoclínica da Marinha, mediante desconto na remuneração;

– Alimentação: a alimentação é custeada pela Marinha. Sempre terá disponível a alimentação diária por meio da disponibilização de café, almoço, jantar e ceia, além de complementos para o pessoal que estiver de serviço;

– Chance de enriquecer o currículo: oportunidades de participação em cursos que a Marinha disponibiliza para fins de aprimoramento profissional;

– Instalações recreativas: Disponibilidade das instalações dos  clubes da Marinha que contam com atividades esportivas e culturais.

VEJA COMO PARTICIPAR DO SMV

Os interessados devem entrar no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, clicar em “Serviço Militar Voluntário”, escolher o Distrito Naval para o qual desejam concorrer e acessar o link da sua inscrição e o respectivo Aviso de Convocação.

 

Deixe seu comentário